09/04/2010

Estátua do Laçador

A Estátua do Laçador é um símbolo de votos de boas-vindas aos que chegam à Porto Alegre. O Monumento é de autoria do escultor Antônio Caringi, tendo como modelo o tradicionalista Paixão Côrtes devidamente pilchado (em trajes típicos).

O Monumento ao Laçador foi inaugurado em 1957 e tombado como patrimônio histórico em 2001.
Em 2007 a Estátua foi removida de seu local antigo (a Praça do Bombeador), para o Sítio do Laçador, devido à necessidade de um novo viaduto (Viaduto Leonel Brizola).
O Sítio do Laçador possui espaços diferenciados em 4000m². A Estátua encontra-se sobre a Coxilha do Laçador, permanecendo visível a todos que chegam à Cidade.
Junto ao Sítio do Laçador encontra-se um obelisco com o Hino Riograndense, na sua versão atualmente aceita (no entanto, prefiro a antiga, pelo seu conteúdo histórico).

Um comentário:

Carlos Ribeiro disse...

HINO RIOGRANDENSE

Como a aurora, precursora
do farol da divindade,
foi o Vinte de Setembro
o precursor da liberdade.

Mostremos valor, constância,
nesta ímpia e injusta guerra,
sirvam nossas façanhas
de modelo a toda a terra.

Entre nós revive Atenas
Para assombro dos tiranos;
Sejamos gregos na glória,
e na virtude, romanos.

Mostremos valor, constância,
nesta ímpia e injusta guerra,
sirvam nossas façanhas
de modelo a toda a terra.

Mas não basta p’ra ser livre
ser forte, aguerrido e bravo;
povo que não tem virtude,
acaba por ser escravo.

Mostremos valor, constância,
nesta ímpia e injusta guerra,
sirvam nossas façanhas
de modelo a toda a terra.

Letra de Francisco Pinto da Fontoura
Música de Joaquim José de Mendanha
Revisão de Antônio Tavares Côrte Real

Pesquise aqui (resultados no topo da página):

Carregando...